Seguidores

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Opinião em Debate

Saiu nessa terça-feira (26), no caderno opinião do jornal Diário da Manhã, pela coluna Xeque Mate de suely Arantes, uma nota comentando sobre a qualidade dos programas da TV Brasil Central.



Nosso muito obrigado a quem acompanha e valoriza o programa.

19 comentários:

  1. keila evaristo nogueira gomes15 de abril de 2010 17:42

    " Não rejeiteis, pois a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão." _ Paulo. (hebreus, 10: 35)

    Jesus a Verdade.

    Sofreram para anunciar a Verdade, antes que ele viesse...
    Morreram para mostrar quando ela veio.
    E agora ....


    " Eu sou o caminho, a verdade e a vida Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto viverá"
    Jesus

    ResponderExcluir
  2. O PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER VER

    Havia uma sociedade guiada pela ignorância, dominada pela culpa e que também suportava o peso da dor.
    Ainda mesmo que a culpa tentasse esconder a sua dor, seu raios de de destruição eram inevitáveis.
    Pressionados pelo caos, os moradores abandonaram a ignorância,e acompanhados da culpa, levaram a dor, a ser ouvida pela justiça. Num ato de bravura, a dor para ser vista, retirou a venda dos olhos da justiça, diante da culpa.
    A dor como punição foi banida para regioes, muito distantes, a culpa por não haver, conseguido conter a sua dor, foi considerada, insana e imputável, o trabalho então tornou-se responsável pela culpa e a justiça, vendo, agora o que fazia, tornou-se responsável pelo trabalho; refazendo seus feitos e revendo os efeitos.

    a ignorância, já é conhecida, como a pior cega.
    Dizem que a dor se esconde...quem sabe em um coração, nem sempre pode ser vista; um dia poderá, será esquecida; a culpa, talvez e a responsabilidade jamais

    gostaria que os seus convidados lessem o texto. É um texto um pouco pessoal mas entregue somente aos convidados

    ResponderExcluir
  3. Rosenval, convide o Sociólogo Demétrio Magnoli para falar sobre o preconceito racial e liberdade de imprensa. Será um programa de grande audiencia, pois ele tem muito conhecimento nas áreas sugeridas.. ab.

    ResponderExcluir
  4. Rosenval, peça ao eleitor que lembre que os candidatos, bem que poderiam se prontificarem a se comprometerem com os hospitais regionais (no interior do estado)para desafogar goiânia e com a criaçao de postos de trabalho e de educaçao nos pequenos municipios. O problema da concentraçao nas metropolis é uma realidade (violencia, congestionamento e stres)e medidas paleativas não estão surgindo efeito, é preciso acordar.
    Divino Eterno. Hidrolândia Goiás

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Rosenval, moro em Goiânia e na noite de hoje, passei por uma situação um tanto desconfortável. Já era por volta de 11:00 hs e meu filho de 1.11 meses estava chorando e ao verificar o que estava acontecendo, deparei-me com uma febre de 39,5 G. e de imediato, tomamos aquelas providencias caseiras como banho e tbm de verificar a famosa "farmacinha" que todos nós temos em casa, porem não localizei o remedio indicado para a situação, então devido ao horário que já passava das 02:00 da madrugada, resolvi sair e procurar uma farmacia. Não o bastante o problema familiar, rodei quase que toda Goiânia e não localizei uma farmacia 24 HS, porem ao perceber a dificuldade que estava tendo e as horas passando, comecei a observar que havia uma grande quantidade de DISK CERVEJA 24 HS e comecei a contar, onde até o horário que consegui encontrar uma farmacia ( 04: 57 ), contei 26 estabelecimentos de bebidas abertos. Assim, acho que temos que reavaliar se realmente é bom morar em um país tão livre, mais tão livre, que nas penumbrias da madrugada não encontramos uma só farmacia, mais localizamos 26 estabelecimentos de bebidas 24 Hs abertos....!!!! Sei que você ROSENVAL é conhecedor de outras fronteiras e sabe bem do que estou falando e do tamanho da revolta se devo assim chamar o acontecido.

    Estou postando estas palavras anonimamente, em função de não acreditar que exista segurança de expressão neste país.

    Assinado: Um pai indignado...

    ResponderExcluir
  6. Balbino dos Santos2 de dezembro de 2010 17:00

    Rosenwal Ferreira, algumas vezes vejo acho voce como um homem inteligente, mas tem vezes que acho Vc um homem arrogante, burro e ignorante em alguns assuntos. Gostaria de saber se Vc é formado em Jornalismo? Gostaria também de saber quais ou outros cursos superiores Vc tem?
    Escreverei depois para te dizer qual o assunto, mas antes te digo que não existe advogado ruim e sim juízes legalistas, assim antes de qualquer discussão, me informe seu grau de conhecimento teorico e não empirico.

    ResponderExcluir
  7. ESSE BALBINO DO SANTOS NAO SABE O QUE ESTA DIZENDO!! NO MINIMO TEM INVEJA DE VC!! VC É OTIMO!! NAO TEM PRA NINGUEM!! E BURRO E IGNORANTE É ELE POR POSTAR UM ABSURDO DESSE!!VAI ESTUDAR BALBINO!

    ResponderExcluir
  8. A secretaria omissa da saúde estadual!!

    Há um barril de dores prestes a explodir, um estopim chamado BOAVENTURA, de fácil combustão política, UFA!, Doze anos de ditadura!

    onde o senhor. secretário estava em 1995, não sabemos? mas o ministério da saúde sabe onde nós estávamos, a assembléia legislativa, o ministério público e até os outros de nós sabem.
    Doze anos de abandono pelo governo estadual que hoje volta para dar o tiro de misericórdia, não será tão fácil assim, somos sobreviventes do engodo político e fortalecidos pela rebelião pela vida de 1995.
    O senhor tem respostas para um debate público na televisão, na assembléia, seus pares podem falar por todos nós? Então vamos lá... O mundo nos conhece...
    Uma história se faz com pessoas, fatos, acontecimento e documentos..

    A mão que toca um violão se for preciso faz a guerra!!!!

    ResponderExcluir
  9. Há HDT, nos aguarde.......
    Quem não conhece a Amélia, mulher de verdade ...
    Severina, severa, felina a defender a sua cria... Doce, leve abelha rainha a colher néctar para aliviar a sua dor... Suave beija-flor, frágil como a brisa a deslizar nos corredores de dores e angustias a levar o seu sabor, de olhos azuis... Azuis turquesa, digna coragem de um lutador, olhos azuis, Gilberto Junior, real esperança, codinome beija-flor, gota a gota a apagar o incêndio das almas, atordoadas com a pluralidade da razão, cazuza - emoção, Sandra Bréa – TESÃO, Betinho – dignidade ferida e a fome traduzida a suavizar a sentença de toda uma nação. Fome de estômago vazio de leite, farto de rejeito, sobra não aproveitadas dos que indevidamente se apropriam da direção.
    HÁ HDT....
    E eu que jovem estudante via, tantos rostos a esconder o pranto nos seus corredores, entre mascaras, prontuários e odores, justo eu, não sabia que formada, pós graduada seria mais uma a compor sua historia....
    HDT...
    O que fizeram com os que eu conhecia? Onde anda as CRISTIANES, os RAIMUNDOS NONATOS, ANAS JOAQUINAS, OS EDVALDOS, CÁSSIAS E HELOÍNAS, AS ANA MARIAS, AS IZABETES, AS BERNARDETES, FIÉIS HEROÍNAS. O que fizeram de ti HDT, mais uma vez colocaram cancelas e dessa vez armadas, a proteger os que nós pagamos como se fossemos nós subproduto deles.
    Me aguarde HDT.... estou chegando, maquiaram você, mais eu o conheço e não irei sozinha...

    ResponderExcluir
  10. BEM AVENTURADOS...
    No fim de uma quarta-feira de maio de 95, chegou à boa ventura... Uma esperança abriu o sorriso dos marrons, marrons sem melodia, sem músculos, sem cidadania, não só os marrons bombons, todos amarronzados, os marrons letais, marrom final, terminal... AZT! Com nome de festa, brindamos a boa nova, COQUETEL sem taça de cristal ou acordes musicais, o cobiçamos como valioso brilhante lapidado, explorado e também cobiçado pelo afortunado mercado de capital.
    Eu vi gente diferente, gêneros, idades, sexo e identidades, e vi a força da igualdade dos desiguais, a mover rochas e mares a cruzar o mundo em uma só voz.
    Bem aventurados os que preparam o leito, a mesa... Os que acolheram na despedida, aqueles que simplesmente por eles passaram, todos simplesmente doentes de AIDS.
    Bem aventurado DIONIZIO, pequeno príncipe da dor, criando com amor um CADA para CADA um, que desventurado dele fosse precisar. Benditos os que com carinho nos acolheram e por nós oraram, ou simplesmente nos tocaram como mães afetuosas, tias SÔNIAS, donas SILVIAS, MARGARIDAS e SINAMORES.
    Bem aventurado os que pensaram e falaram a favor das meninas, símbolo da epidemia, MÁXIMA da descriminação. GRUPO PELA VIDDA, veia e voz clandestina da parcela carimbada a caminho do embarque para o anonimato definitivo. ROSILDAS, LÚCIOS, FRED’S MERCURY, viva a VIDDA...
    Bem aventurados os que nos prepararam, para a BOA VENTURA, que tentaria novamente nos segregar, como se procurador de cada um se tornasse... E por fim, alimentar o renascer.
    “RENASCER”, sem fim, mas com finalidade escusa a desorganizar as organizações que os incomodava. Prestativo ditador a trazer a si, tudo e de todos, como se um de nós fosse.
    Bem aventuradas às mães da AIDS, e as mãe com AIDS. Com vocês eu falo amanhã, porque hoje, eu quero ser uma só... SÓ HOJE. Nos aguarde HDT, não estamos mais sozinhos, e você minha querida draq quenn da saúde, poderá tirar a maquiagem, e com orgulho se mostrar com dignidade ANUAR AUAD... Orgulho dos GOIANOS.

    ResponderExcluir
  11. As mães com AIDS
    HÁ HDT...
    Eu vi a mulher preparando outra pessoa, e o tempo parou para olhar aquela barriga...
    Há HDT...
    Você também parou, parou a recepção, a limpeza, pararam os médicos, parou a enfermagem, parou o humanismo, ficou o medo, a perplexidade diante do novo, não era mais uma peste gay, o útero mãe estava contaminado, contaminaram o mundo.
    Choraram as mulheres, médicas e outras tantas, eu chorei também.
    Do parto reverso, do nascer, “SER” soropositivo, não foi escolha e nem a transmissão, um traço genético, simplesmente um “SER” contaminado. Eu vi pessoas recém nascidas no colo de mães despreparadas para uma realidade cruel, o leite que amamenta, mata “materno cruel”.
    Fome e choro novo, anunciar os nascidos, seios fartos e corações maternos infartados com a dor de quem ama amamenta! Tema da campanha de um ministro que há 20 anos já era temporão, não contemporizava as mães soropositivas, duplamente penalizadas. África doida num Brasil de farturas.
    As mães goianas, as soronegativas, não as políticas, as uterinas, abriram o caminho para a vida ir mais longe, jornalistas, médicas, empresárias, domésticas, balconistas, enfermeiras, até prostitutas, simplesmente mães, não as temporãs, mais as Amélias, mulheres de verdade.
    Eu vi a mulher preparando outra pessoa...
    Eu vi a dor da alma materna, que nunca passou, eu vi seios pedrados de leite nutritivo, mas contaminado a ir pelo ralo, inaproveitado, inestimável perda alimentadora. Eu vi a indústria da lata ser impedida de substituir o leite que mata, porque desestimulava a amamentação, e em GOIÁS, um pai zeloso, político por construção, garantir no senado o leite NAN no orçamento, e a cidadania plena dos recém nascidos com direito a vida. Obrigado senador MAURO MIRANDA, as mães goianas jamais o esquecerão, pois eu que nunca amamentei não o esqueci.

    Há HDT...
    E não saiu de ti, mas com dos que de ti cuidavam no passado, os poucos ungüentos, que não nos curaram, mas que até hoje nos garantem maternidade sem culpa e longevidade com qualidade de vida, pelos menos física.
    Obrigado as mães goianas, e dentre elas as médicas, enfermeiras, técnicas, auxiliares, cozinheiras, faxineiras, e todas as que a elas se somaram, para que tivesse na lata o alimento que no peito empedra, dói, se perde e mata.
    Há HDT...
    Nos Aguarde, algumas de nós não partiram, estamos voltando...
    As mães da AIDS, o meu abraço com vocês eu falo amanhã.

    ResponderExcluir
  12. Assisti o programa do dia 02-06-11, gostaria de saber como devo fazer quando o gero vive dando em cima da sogra e da cunhada?
    Obs: não consegui contato por telefone na hora do programa.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  13. Marcos cap; 02 v.17Jesus disse:Os são não precisam de médicos, e sim os doentes;não vim chamar justos,e sim pecadores.

    ResponderExcluir
  14. Marcos cap;02 v.17Jesus disse:Como pode satanás expelir a satanás?

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde Rosenval.

    Meu nome é Fernando Sousa, sou advogado atuante em Goiânia e sempre acompanho seus programas na rádio e na TV.

    Venho através deste apenas counicá-lo que enviei um e-mial para o seu da TERRA, constando informações relevantes e de grande perplexidade que envolvem os 7 (sete) ultimos gestores do Estado de Goiás, do Município de Goiânia e do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás.

    Aguardo retorno.

    ResponderExcluir
  16. FERNANDO SOUSA, advogado.

    O e-mail retornou, preciso lhe enviar um e-mail com arquivos e tudo mais ou, de preferência, que possamos reunir pessoalmente. Att.

    ResponderExcluir
  17. FERNANDO SOUSA, advogado.

    Fiz contato com você pelo FACEBOOK, através de mensagem.

    Aguardo retorno.

    Att.

    ResponderExcluir
  18. No país da Zumbizolândia temos a seguinte situação política, clara, mas não evidente, se não vejamos:
    O supremo empresário Júnior Friboi, braço político do grupo JBS, tem um sonho: “Governar o Estado de Goiás”.
    O grupo JBS tem um sócio importante que é o BNDS, ou seja, o povo brasileiro através de seus impostos.
    O PSB, partido que afrontou o projeto de continuidade no poder do PT, antes presidido pelo Júnior Friboi em Goiás, ficou órfão de um pai rico, isto é fato.
    Que não daria para o Júnior Friboi servir a dois senhores é óbvio.
    Íris Rezende que tem em seu histórico dois mandatos como Governador de Goiás, com ótima aceitação, popularidade e aprovação, principalmente pela atenção às necessidades da população mais carente do Estado, “assistencialismo produtivo”, sonha como uma vitória e um terceiro mandato que selaria sua biografia como o maior e melhor político goiano de todos os tempos.
    A Oposição ao Governo Marconi sonha com um Júnior Friboi pródigo ou oniomaniaco, para bancar suas campanhas e vitórias, já que se tem como certo a equação: muitos investimentos = muitos votos.
    Júnior Friboi não rasga dinheiro. O que sair de seu bolso vai entrar pela porta da frente no JBS, através de aportes do BNDS, que por acaso é dinheiro público.
    O Governador Marconi sabe que a grande massa eleitoral é apática aos grandes escândalos políticos e vai votar segundo seus interesses mediatos e pela emoção frente à propaganda eleitoral na TV. A maior prova é a eleição da Dilma Rousseff e do Paulo Garcia em meio às sentenças do STF no caso Mensalão.
    O Governador Marconi tem sua arma nuclear quase secreta, que atende pelo nome de funcionalismo público, que bem cuidado já lhe dá uma margem e já o faz sair na frente em uma eleição com pelo menos cem mil votos.
    O Governador Marconi teme o Íris Rezende, pois contra este teria como armas apenas poucos fatores: A Idade e a Saúde de Íris, e os velhos e caducados casos Caixego, Beg e Cachoeira Dourada. Contudo o teme mais pelo fato de Íris ser um eterno caso de paixão e amor do povo goiano.
    Realmente Júnior Friboi pode fazer um ótimo governo assim como a Dilma Rousseff mesmo sem experiências anteriores em cargos no Executivo o faz. Isto é real. Como pode também ser um fiasco frente uma oposição contundente e agressiva que poderá surgir às suas ideias sobre um novo socialismo ou novo capitalismo ou novo liberalismo. Sei lá… É meio confuso.
    O PT quer apenas minar a candidatura do governador Eduardo Campos (PSB) à presidência e conseguiu. A oposição quer financiamento para suas campanhas e conseguiu. Marconi quer evitar Íris e conseguiu. Íris não acharia ruim um Ministério e em seguida uma cadeira no Senado e conseguiu. O povão não quer nada desde que tenha uma igreja, uma cerveja e um prato cheio e conseguiu. Júnior Friboi já se dá por satisfeito com uma injeção de capital em seu grupo garantindo até a décima geração de sua família uma vida confortável e cheio de puxas sacos em volta. ”Nem sempre ganhando, nem sempre perdendo, mas aprendendo a jogar”, e se não der agora talvez na próxima consiga para Presidente.
    Todos na Zumbizolânida estão felizes.
    Sérgio Paixão

    ResponderExcluir
  19. No Congresso Nacional nesta última terça faltou sacrificarem um bode para abrandarem os diversos deuses que comandam os parlamentares. Tudo isso embasado por um Regimento Interno que permite a figura excêntrica da “Obstrução”.
    Na minha singular visão, que é a de um bobo, a pauta deveria ser dada com antecedência de no mínimo um mês, permitindo o estudo e aprofundamento por parte dos Deputados e seus assessores. Posteriormente todos poderiam votar nominalmente e eletronicamente por um dispositivo móvel de onde estiverem não exigindo presença física no Plenário. Ficando as reuniões presenciais obrigatórias no plenário restritas para sessões especiais como a de Promulgação de Leis, alterações à Constituição e segurança nacional.
    Tem que acabar com sessões extenuantes que entram pelas madrugadas estrategicamente colocadas a “toque de caixa” para atropelar pela desorientação e cansaço uma possível oposição.
    Tem que acabar com o entra e sai de Deputados no Plenário ora dando quórum ora não e a apresentação de destaques e o levantamento de questões de ordem apenas para tumultuar e protelar uma sessão.
    Tem que acabar com acordos prévios do colégio de líderes que usa seu poder e influência para manobrar os votos do baixo clero e tirar destes a prerrogativa de votarem conforme sua consciência e interesse daqueles que nestes votaram.
    Na opinião do povo simples e comum que represento o Deputado tem como maior obrigação votar com pleno conhecimento do assunto e suas consequências respeitando o interesse dos seus eleitores. Podem até se unirem em interesses comuns aos seus eleitores, mas nunca usarem sua prerrogativa democrática como palanque ou como uma disputa egocêntrica, vaidosa, egoísta, irresponsável, fútil, gananciosa, cega e malograda por poder em suas mais diferentes e diversas facetas, nuances e esferas.
    Eu tenho absoluta certeza que o grande problema do Congresso Nacional não é a falta de esforço e trabalho dos seus integrantes. O que esta estragando o Congresso é a esperteza diante de um Regimento Interno criteriosamente construído para permitir uma total rendição do Legislativo aos interesses do Executivo. Dividir para Governar não é uma ação nova. Que diga o PMDB que deveria se chamar (sugestão) PSMDB (Partido Subdividido do Movimento Democrático Brasileiro).
    Ahh! Vale explicar para alguns Deputados possivelmente incautos que a intermodalidade, à geração de novos empregos e o aumento na movimentação de cargas no país fortalece o setor de logística no mercado nacional e interessa mais aos brasileiros do que suas intrigas colegiais e infantis.
    Sérgio Alberto Bastos da Paixão
    http://www.facebook.com/sergio.paixao.35

    ResponderExcluir